SISAB Portugal: “uma estratégia inovadora única e visionária” que tem marcado a história da exportação Portuguesa

Partilha nas tuas Redes Sociais e Ajuda nos a divulgar este site

Este ano, o Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas (SISAB Portugal) reúne 1700 importadores de 110 países e 500 empresas nacionais. A 23ª edição decorre de hoje a quarta-feira no Altice Arena em Lisboa e volta a levar a todo o mundo o que de melhor se faz em Portugal no setor agro-alimentar e bebidas. “Pode dizer-se com propriedade que se há exportação no setor alimentar, é porque há SISAB PORTUGAL”, assume Carlos Morais, fundador e presidente do SISAB Portugal.

“O SISAB PORTUGAL foi idealizado há 33 anos, mais concretamente em 1985, como feira para a exportação dedicada às empresas, marcas e produtos exclusivamente portugueses, tendo começado a ser promovido como projeto, junto das entidades oficiais que à época tutelavam e coordenavam o setor. Ao longo de dez anos porém, os poderes instalados sempre recusaram este projecto sobre os falsos pretextos de que os produtos portugueses não tinham qualidade nem produção suficiente para a exportação, nem reconhecendo a existência e o potencial dos mercados da Diáspora e da Lusofonia, não lhe reconhecendo portanto qualidade e dimensão para ser devidamente apoiado e estimulado.
O objetivo era o de manter a exportação como uma “coutada” para apenas algumas empresas. Assim pensava e agia o organismo oficial responsável pelas exportações, que na época protegia algumas empresas já bem entrosadas na exportação, condicionando, desse modo, o acesso de outras empresas e do sector em geral ao mercado internacional.
Ao mesmo tempo, o organismo oficial optou por apoiar e incentivar uma outra feira em Portugal exatamente concorrente que promovia a exportação de produtos espanhóis (Alimentária) para o nosso país, invadindo Portugal com produtos estrangeiros. Coincidentemente, o comércio mudava radicalmente o seu “modus operandi”, assistindo-se à implantação das grandes superfícies, que promoviam a entrada em Portugal dos produtos espanhóis, o que criava uma verdadeira asfixia à produção nacional, pelo esmagamento dos preços e margens de comercialização dos produtos e marcas portuguesas.

A primeira edição em 1995

Em 1995, o SISAB PORTUGAL consegue finalmente furar este bloqueio ao realizar a sua 1ª edição, tornando-se rapidamente a grande porta de acesso à exportação para o tecido empresarial português (frutas, pescado, vinhos e agro-alimentar em geral). Fruto de uma visão estratégica inovadora e visionária coloca inúmeras empresas portuguesas a aprender ”como exportar” diretamente com os compradores, que “in loco” e cara a acara, apoiando as mesmas nos contatos com o exigente mercado internacional.
Anos mais tarde alguém dirá que embora o SISAB PORTUGAL e o seu mentor fossem na altura uns ilustres desconhecidos, tinham feito pelas exportações nacionais o que muitos políticos não tinham conseguido durante anos a fio. Enquanto os primeiros falam pomposa e insistentemente da diplomacia económica, o SISAB PORTUGAL praticou-a, criando o espaço para trazer a Portugal mais de 1700 compradores internacionais, oriundo de mais de 110 países ao encontro de mais de 6.000 marcas e produtos portugueses de 500 empresas exclusivamente portuguesas.
Criou o espaço para a realização de negócios de milhões e por isso se tornou um evento incontornável para as empresas portuguesas que pretendem exportar ou consolidar as suas exportações.

O SISAB Portugal promove parcerias e negócios

Tudo isto porque o SISAB PORTUGAL não é uma feira de venda de espaços de exposição como outras, mas uma verdadeira plataforma de negócios que traz a Portugal compradores internacionais verdadeiramente interessados em conhecer os produtos e marcas exclusivamente portugueses, oriundos de mercados que mais os valorizam.
Para esta edição de 2018 esperam-se grupos especiais dos Estados Unidos, Canadá, Países Asiáticos e Árabes, Países Nórdicos e Africanos (de expressão francesa e Inglesa) para além da Diáspora e da Lusofonia, abrindo novas geografias para um mercado da exportação cada vez mais exigente.
Durante os 3 dias do evento, de 12 a 14 de Fevereiro 2018, estarão presentes os Presidentes, Administradores e Directores Comerciais e de Exportação das 500 maiores Empresas Portuguesas do Sector, a par dos maiores compradores internacionais que procuram os produtos portugueses de grande qualidade.
Ao fim destes anos todos não há nenhum evento no mundo, nem nenhum empresário em nenhum país que teve capacidade para o fazer, com estas características, sendo hoje o SISAB PORTUGAL um evento de reconhecido mérito e sucesso tanto no plano nacional como internacional.
Ao invés de outras organizações que incentivam e levam as empresas nacionais para outros eventos internacionais fora de Portugal, fortalecendo os mesmos e consequentemente os países onde se realizam, o SISAB PORTUGAL faz um enorme esforço financeiro para trazer a Portugal os maiores importadores e compradores internacionais, que uma vez no nosso país se tornam investidores, turístas e promotores, forma permanente e contínua, do que melhor se faz em Portugal.”

Carlos Morais
Presidente do SISAB Portugal

Fonte  Jornal Mundo Português


Partilha nas tuas Redes Sociais e Ajuda nos a divulgar este site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: